Prevenção e detecção precoce do câncer de colo do útero

O câncer de colo do útero é uma das doenças que mais afeta mulheres em todo o mundo. Por esse motivo, é extremamente importante conhecê-la, e principalmente, saber como preveni-la e tratá-la com eficiência.

Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre câncer de colo de útero e entenda mais sobre essa doença:

Índice

O que é câncer de colo de útero?

O câncer de colo de útero, também conhecido como câncer cervical, é um tumor maligno, formado a partir de alterações nas células do colo do útero. Na maioria dos casos, a doença se desenvolve em um longo período de tempo, até se transformar em um câncer invasivo.

Quais são os sintomas do câncer de colo de útero?

No estágio inicial, a doença pode ser assintomática. No entanto, em decorrência da progressão, os sintomas de câncer no colo do útero podem ser observados e constatar a necessidade de procurar um médico.

Dentre os principais sintomas, é possível apontar:

  • Sangramento vaginal;
  • Sangramento menstrual prolongado;
  • Dor nas relações sexuais;
  • Dor abdominal;
  • Corrimento com odor desagradável.

Além desses, outros sintomas também podem ser observados. Por esse motivo, procurar por um ginecologista em Uberlândia é essencial para descartar a doença ou diagnosticá-la.

Fatores de risco e causas

Existem diferentes fatores de risco e causas que podem resultar no câncer de colo de útero, como tabagismo, sistema imunológico enfraquecido, ausência da realização de exames e muitos outros.

Entretanto, a principal causa é o histórico de infecção por HPV, uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).

Importância da prevenção 

A prevenção do câncer de colo de útero é extremamente importante para reduzir as chances do desenvolvimento da doença. Nesse sentido, uma série de hábitos podem ser essenciais para diminuir significativamente a probabilidade da doença. 

Dicas para prevenir câncer de colo de útero

Para prevenir o câncer de colo de útero, a vacinação contra o HPV é algo extremamente importante e essencial. Isso porque, essa infecção está entre as principais causas da doença.

Além da vacinação contra o HPV, o uso de preservativos nas relações sexuais é fundamental para reduzir o risco de infecções. 

Por fim, manter um estilo de vida saudável e realizar consultas regulares com um ginecologista em Uberlândia também é muito importante para se prevenir contra o câncer de colo de útero.

Exames de rastreamento

Ao notar sinais de câncer no colo do útero, a realização de exames é essencial. Isso porque, a detecção precoce dessa doença pode ser feita por meio de exames como:

Papanicolau 

O exame de Papanicolau envolve a coleta de células do colo do útero, para que elas sejam avaliadas, constatando se há alterações que possam indicar risco de câncer.

Colposcopia

Caso haja alterações no Papanicolau, a realização de uma Colposcopia pode ser indicada. Esse procedimento consiste em um exame que utiliza um colposcópio para examinar o colo do útero.

Testes de HPV

Os testes de HPV são essenciais para identificar a presença do vírus. Esses exames podem ser indicados em conjunto ao Papanicolau para um diagnóstico mais preciso.

Vacinação contra o HPV

Como dito anteriormente, a vacinação contra o HPV é uma das maneiras mais eficientes de prevenir o câncer de colo de útero. Isso porque, a vacina protege contra os tipos de HPV mais comuns e agressivos, diminuindo a probabilidade de infecções.

A vacina contra o vírus HPV é disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o Programa Nacional de Imunizações, o esquema de vacinação para meninas e meninos de 9 a 14 anos de idade, conta com duas doses, com intervalo de seis meses entre elas.

Apesar de a aplicação da vacina contra o HPV ser recomendada na infância e início da adolescência, ela também pode ser prescrita para pacientes de 15 anos a 45 anos de idade. Nestes casos, é necessário administrar três doses da vacina, com intervalo de dois meses entre a primeira e a segunda dose, e seis meses entre a primeira e a terceira dose.

Acompanhamento regular com médico especialista

A realização de acompanhamento com um ginecologista é essencial para cuidar da saúde ginecológica, realizando exames preventivos e analisando eventuais sintomas. 

A partir da primeira menstruação, é importante que as mulheres consultem-se com o ginecologista ao menos uma vez ao ano. Após o início da vida sexual, a realização de exames anuais, como o papanicolau, pode ser essencial para o diagnóstico precoce de doenças.

Em casos de fatores de risco, mediante prescrição médica, a frequência das consultas ao ginecologista pode ser alterada. Além disso, quando necessário, por meio do acompanhamento com o médico especialista é possível traçar um plano de tratamento eficaz junto de um oncologista em Uberlândia.

Impacto do diagnóstico precoce

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), com exceção dos tumores de pele não melanoma, o câncer do colo do útero é o terceiro tipo de câncer mais incidente entre as mulheres. No Brasil, no ano de 2022, foram diagnosticados mais de 16 mil casos novos. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), por meio da cobertura de, no mínimo, 80% da população-alvo, com a garantia de diagnóstico precoce e tratamento adequado, existe a possibilidade de reduzir, em média, de 60% a 90% a incidência do câncer de colo do útero. 

A taxa de cura do câncer de colo do útero em estágios iniciais pode chegar a 100%. No entanto, essa taxa diminui caso a doença não seja diagnosticada na fase inicial. 

Por esse motivo, a realização de exames como o papanicolau é crucial para um diagnóstico precoce da doença, sendo determinante para um tratamento eficiente e com complicações menos graves. 

Outubro rosa: mês de conscientização

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção, diagnóstico precoce e tratamento do câncer de mama e do câncer de colo do útero. 

A campanha é extremamente importante para relembrar a importância da prevenção, por meio da realização de exames regulares, da vacinação contra o HPV e da consulta com ginecologistas.  

Realize consultas regulares com ginecologista em Uberlândia

Conte com os médicos especialistas do Complexo UMC e agende sua consulta para cuidar da sua saúde ginecológica, prevenindo eventuais doenças e melhorando a sua qualidade de vida!

Referências:

Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO)

Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC)

FAQ

Como posso reduzir o risco de câncer de colo do útero?

O uso de preservativos, a vacinação contra o HPV e a adoção de um estilo de vida saudável são as principais maneiras de reduzir o risco de câncer de colo de útero.

Qual é o papel da vacinação contra o HPV?

A vacinação contra o HPV é extremamente importante, pois o HPV está entre as principais causas de câncer de colo de útero.

Por que é importante procurar um médico especialista?

Procurar por um ginecologista é extremamente importante para cuidar da saúde do útero. O médico poderá solicitar exames para descartar ou diagnosticar doenças, além disso, ele é importante para fornecer orientações de prevenção e para encaminhar o tratamento com outras especialidades, como um oncologista em Uberlândia, se necessário.

Com que frequência devo consultar um especialista?

Após o início da vida sexual, é recomendado que as mulheres consultem um especialista ao menos uma vez ao ano. No entanto, em casos de sintomas, não hesite em procurar antes.

Compartilhe: