Conheça as doenças de pele mais comuns

A pele é a primeira barreira do corpo contra a ação de agentes externos, como fungos, bactérias e efeitos do clima, o que a deixa suscetível a inúmeros ataques e doenças. Portanto, é natural que ao longo da vida surjam problemas relacionados à pele que precisam ser tratados com um dermatologista, médico especialista por cuidar das doenças de pele mais comuns.

Veja, a seguir, as enfermidades mais comuns e que demandam uma visita ao profissional da área:

Índice

Acne

Você sabe o que é acne? A acne assola muitos adolescentes, porém, é uma doença bem comum e pode atingir pessoas de várias idades em graus variados. Ela é causada pelo entupimento dos poros da pele, em razão do excesso de sebo produzido por ela. 

O sebo tem a função de proteger e manter a oleosidade da pele, mas quando se acumula, dá origem a uma reação inflamatória conhecida como espinha. Em casos mais severos, a reação inflamatória é capaz de acarretar cicatrizes, causando também o surgimento de pontos de hiperpigmentação e manchas.

Sintomas de acne

A acne pode afetar o rosto, o peito, as costas e os ombros, pode ser notada por meio do aparecimento de cravos brancos, cravos pretos, espinhas com pontas amareladas ou brancas. Em casos mais graves, as espinhas podem evoluir para cistos e nódulos.

Diagnóstico e tratamentos de acne

Apesar de o diagnóstico ser facilmente visível, a realização de exames adicionais pode ser indicada pelo médico dermatologista para um diagnóstico mais completo e preciso. 

Nesse sentido, para tratar a condição, o especialista pode indicar o uso de cremes, a administração de medicamentos orais e até mesmo a realização de procedimentos, como peelings químicos.

Rosácea

A rosácea também faz parte das doenças de pele que são mais comuns. Ela é, na verdade, uma vermelhidão na pele que deixa a área afetada com uma textura mais grossa. Até por isso é várias vezes confundida com uma queimadura solar, no entanto, é uma condição duradoura.

Sintomas de rosácea

Além da vermelhidão, a principal caraterística da rosácea, a condição ainda provoca lesões inflamadas, acne, secura ocular, irritação e inchaço na face, principalmente nas bochechas, nariz, testa e queixo. 

Outros sintomas de rosácea são vasos sanguíneos visíveis e o surgimento de pústulas e pequenas bolhas.

Diagnóstico e tratamentos de rosácea

O diagnóstico de rosácea pode ser realizado por um dermatologista em Uberlândia, por meio da análise dos sintomas e da realização de testes. Apesar de não ter cura, a rosácea pode ser tratada, com o objetivo de diminuir os sintomas.

Para tratar a condição, o uso de medicamentos, como antibióticos, pode ser indicado. Além disso, cremes tópicos também podem ajudar, e em alguns casos, a realização de procedimentos a laser pode ser uma excelente alternativa.

Dermatite atópica

A dermatite atópica é um problema genético que afeta geralmente as crianças. É uma alergia cutânea que faz com a pele fique seca e apareçam erupções que coçam, com crostas e feridas. Caso identifique esses sinais, é interessante buscar um dermato o mais rápido possível.

Essa doença ocorre sempre nas dobras do corpo, em especial nos braços e nas pernas, mas o pescoço e as axilas são lugares também afetados. Ela pode ser desencadeada por diversos fatores, entre eles, contato com materiais ásperos, fragrâncias e loções, frio intenso, calor ou transpiração. Além de fatores emocionais, como nervosismo, ansiedade e depressão.

Sintomas de dermatite atópica

Os sintomas mais comuns de dermatite atopica são:

  • Formação de feridas, com secreção ou sangramento;
  • Descamação da pele;
  • Alterações na cor da pele;
  • Vermelhidão;
  • Inflamação da pele;
  • Bolhas na pele;
  • Coceira intensa.

Diagnóstico e tratamentos de dermatite atópica

Por meio da análise dos sintomas e dos sinais relatados pelo paciente, o médico dermatologista pode diagnosticar a dermatite atópica. Para isso, é importante que ele considere os sintomas, as situações em que eles aparecem e a frequência.

O tratamento da condição pode ser realizado por meio do uso de medicamentos e pomadas corticoides, que são prescritos pelo dermatologista. Além disso, o uso de hidratantes específicos também pode ser indicado.

Melasma

O melasma afeta uma boa parte das mulheres na faixa dos 20 a 50 anos, sendo caracterizado pela presença de manchas escuras ou acastanhadas em regiões do corpo como rosto, colo e braços. Os formatos são irregulares e bem definidos, normalmente assimétricos. 

Sintomas de melasma

O principal sintoma do melasma, é o aparecimento de manchas escuras na pele.

Diagnóstico e tratamentos de melasma

Para diagnosticar a doença, o médico especialista analisa a pele e indica o tratamento ideal para o caso do paciente. Nesse sentido, para tratar a doença, o uso de cremes com ácidos pode ser indicado, além disso, o uso de protetor solar passa a ser ainda mais recomendado para quem possui a condição.

Câncer de pele

Por fim, o câncer de pele é um dos tipos de câncer de maior ocorrência aqui no Brasil. Estima-se que cerca de 90% dos casos estão associados à exposição solar sem proteção adequada, por isso, a alta incidência em países tropicais.

Esta doença é provocada pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. Além da exposição solar, outros fatores são cruciais para seu desenvolvimento, por exemplo, tabagismo, predisposição genética, infecção por HPV (Human Papiloma Virus) e também feridas crônicas que não cicatrizam.

Sintomas de câncer de pele

Dentre os sintomas característicos da doença, os principais são:

  • Coceira em manchas;
  • Sinais ou pintas que sofrem alterações de tamanho, forma ou cor.
  • Feridas que não cicatrizam;
  • Aparecimento de sinais e pintas;
  • Inflamação na pele;
  • Vermelhidão.

Diagnóstico e tratamentos de câncer de pele

O primeiro passo para o diagnóstico da doença, é a análise dos sintomas e da pele. Após isso, caso o dermatologista suspeite de câncer de pele, ele solicitará uma biópsia e outros exames que são essenciais para um diagnóstico preciso.

Para tratar a doença, a realização de tratamento pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia e imunoterapia, dependendo do tipo e estágio do câncer.

Encontre dermatologista no Complexo UMC!

Quando notar alterações em sua pele, procure por um dermatologista. O Complexo UMC conta com especialistas altamente capacitados para te atender.

Agende sua consulta com um de nossos especialistas e cuide da sua pele!

Referências:

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

FAQ

O que são doenças de pele?

Doenças de pele são condições que afetam a pele, cabelos, unhas e membranas mucosas. Podem ser causadas por fatores genéticos, ambientais, infecciosos ou imunológicos.

Quais são as doenças de pele mais comuns?

Algumas das doenças de pele mais comuns incluem rosácea, acne, dermatite, psoríase, verrugas, herpes, impetigo, urticária e muitas outras.

O que causa a acne?

A acne é frequentemente causada por glândulas sebáceas hiperativas, resultando em obstrução dos poros. Bactérias, hormônios e fatores genéticos também desempenham um papel no desenvolvimento da acne.

O que é dermatite?

A dermatite é uma inflamação da pele que pode ser causada por alergias, irritantes, contato com substâncias químicas ou condições genéticas.

Compartilhe: